Home Destaque Apicultores da Zona Rural de Icó Recebem Dicas para Melhorar a Produção de Mel

Apicultores da Zona Rural de Icó Recebem Dicas para Melhorar a Produção de Mel

5 Primeira leitura
0
0
105

O dia de campo foi realizado, através do Instituto Elo Amigo, no Sítio Aroeira, Zona Rural de Icó, nesta última sexta-feira (23) e visa disponibilizar conhecimentos, técnicas e manejo de abelhas (ápice) para produção de mel. 18 apicultores das comunidades de Aroeira, Coelho dos Bicas, Baixio da Roncadeira, Jenipapeiro, Sítio Exu e Tatajuba, participaram do momento.

O Agrônomo e Especialista em Apicultura, Francisco Dondi, conduziu e repassou dicas para os apicultores da região. “Primeiramente as abelhas precisam de conforto, alimentação, além de equilíbrio de enxames, combate as pragas e ficar alerta quanto a questão de doenças, pois são dicas básicas, porém importantes para uma boa produção”, lembra Dondi.

Um dos apicultores é o Joaquim Pereira da Comunidade Coelho dos Bicas, e relata que o Projeto São José III incentiva e ajuda a construir uma nova história. “Quem diria que em meio a tanto mato seco, poderíamos tirar o nosso sustento através de apiários, e muitos agricultores não sabiam das técnicas e manejos corretos, e hoje se tornaram apicultores. Isso é um grande salto”, relata Joaquim.

Daniel Mota é Apicultor do Sítio Aroeira e explica que as dicas de um especialista são essenciais para uma boa produção de mel. “Os enxames estão bons, mas preciso fazer uma sombra no meu apiário e me atentar sobre a alimentação das abelhas, pra quando chegar janeiro, a produção melhorar”, explica Daniel.

Para o Coordenador Adjunto de Projetos do Instituto Elo Amigo, Carlos Braz, o melhoramento e o fortalecimento de conhecimentos para produção de mel, ajuda a comunidade a seguir e ter sua própria independência. “Hoje eles conseguem manter os enxames dentro das colmeias e se Deus quiser, próximo ano será de muita produção”, finaliza Braz.

Além da Assessoria Técnica realizada pelo Instituto Elo Amigo, foi construído, através do Projeto São José III, a Casa de Mel, equipada com centrífuga, mesas, decantadores, indumentárias, equipamentos de análise de mel, entre outros, na comunidade de Coelho dos Bicos, para que os apicultores possam extrair o mel de uma maneira higiênica e sem percas.

O Projeto São José III é uma parceria do Governo do Estado com o Banco Mundial, que objetiva fortalecer processos de desenvolvimento produtivo rural e de beneficiamento, com associações no meio rural cearense. O Elo Amigo ganhou processos licitatórios de ATER – Assessoria Técnica e Extensão Rural, em 16 (dezesseis) associações que fazem parte dos municípios do Centro Sul Vale do Salgado, Cariri e Sertão Central, que são: Mombaça, Cariús, Icó, Mauriti, Missão Velha, Crato, Altaneira, Várzea Alegre e Barro. As associações são responsáveis por todo o processo de licitação, elaboração de contratos e pagamentos, de obras, veículos e equipamentos.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

PRISÃO POR DISPARO DE ARMA DE FOGO DENTRO DE RESIDÊNCIA EM ICÓ

Por volta das 10h30min de ontem (16), a policia militar através do 190 recebeu uma denúnci…