Home Geral Articulação do Semiárido Brasileiro Visita Tecnologias Sociais e Capacitações na Zona Rural de Iguatu

Articulação do Semiárido Brasileiro Visita Tecnologias Sociais e Capacitações na Zona Rural de Iguatu

4 Primeira leitura
0
0
67

A Assessora e Jornalista da ASA (Articulação do Semiárido Brasileiro), Juliana Lins Lira, esteve visitando as tecnologias sociais do Programa P1+2 executadas pelo Instituto Elo amigo nas Comunidades do Sítio Junco, Várzea de Fora e Carnaúba.

Juliana relata que a visita é uma das formas de garantir que as famílias estão recebendo de forma correta as tecnologias, além de conhecer e acompanhar de perto o trabalho realizado em campo. “Para nós, é importante, além de acompanhar a execução do projeto em si, ver o que os agricultores e agricultoras estão experimentando e construindo no semiárido. A minha avaliação é boa, pois quando a tecnologia funciona é sinal de uma boa estrutura”, frisa Juliana.

Além disso, nesta quarta (10) houve a última capacitação em GAPA (Gestão de Água para Produção de Alimentos) na comunidade de Carnaúbas, das famílias beneficiadas. A Agricultora Luciene Adeodato de Sousa recebeu a Cisterna de Enxurrada e pretende aumentar sua produção de aves. “As Capacitações são importantes, pois nos ajuda a melhorar o trabalho de plantações de hortas e a forma correta de irrigação sem desperdícios. Eu já tenho uma criação de galinhas e pretendo aumentar”, explica Dona Luciene.

Outro Agricultor é o Seu Francisco Manuel dos Santos, que também esteve na capacitação e pretende ampliar sua criação de suínos. “Além de conhecer pessoas novas, a gente sempre aprende um pouco mais. Eu tenho porcos e vou aumentar essa produção. A água da cisterna vai me ajudar a realizar a manutenção da pocilga”, relata Francisco.

O Coordenador de Projetos do Instituto Elo Amigo, Francisco Braz, explica que em Iguatu, já foram construídas 44 cisternas e 5 Barreiros-trincheira. “Nós estamos praticamente na metade das implementações na zona rural de Iguatu. Estamos avançando e pretendemos concluir o mais breve possível para que essas pessoas possam ter suas cisternas prontas para receber o inverno de 2019”, finaliza Braz.

Entenda

O Instituto Elo Amigo está executando o Projeto P1+2 nos municípios de Iguatu e Icó, e irá beneficiar 200 famílias agricultoras com a implementação de tecnologias para desenvolvimento de quintais produtivos e práticas agroecológicas. Ao todo, 200 tecnologias estão sendo construídas nas duas cidades. Cada município terá 51 cisternas-calçadão, 44 de enxurradas e 5 barreiros-trincheira. Um investimento de 2 milhões e 400 mil reais.

— 

Fagner Leandro – Comunicação Inst. Elo Amigo

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Geral

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Campanha de Haddad declara que gastou 15 vezes mais do que Bolsonaro informou ao TSE

O candidato do PT a presidente, Fernando Haddad, declarou à Justiça Eleitoral despesas de …