Home Ceará Câncer de mama: 13% das mortes poderiam ser evitadas no Ceará

Câncer de mama: 13% das mortes poderiam ser evitadas no Ceará

3 Primeira leitura
0
0
65

A prática de exercícios físicos regulares por mulheres e com tempo mínimo ideal de 30 minutos diários pode evitar o óbito por câncer de mama. No Brasil, 12% das mortes causadas pela doença poderiam ter sidos evitadas caso as mulheres não fossem sedentárias. No Ceará, esse índice é de 13,4%. É o que afirma um artigo científico produzido com base em informações que vão de 1990 a 2015 por pesquisadores brasileiros, em colaboração com o Ministério da Saúde divulgado, neste mês, na revista científica norte-americana Nature.

De acordo com a pesquisa, 2.075 mortes no País poderiam não ter acontecido se as pacientes realizassem ao menos uma caminhada de 30 minutos por dia, cinco vezes por semana. Em 2015, o Brasil registrou mais de 17 mil casos de câncer de mama, desses, 1.9 mil foram no Ceará. Esse ano, aponta o Instituto Nacional do Câncer (Inca), deverão ser 59.7 mil no País e 2.2 mil no Estado. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado, 645 pessoas morreram em 2015, vítimas do câncer de mama, sendo do total sete homens.

Excesso

Segundo a revista, um dos fatores que causam o câncer de mama é o excesso de estrogênio, que pode levar à formação de mutações e carcinogênese, estimulando a produção de radicais. “A atividade física diminui o estradiol e aumenta a globulina de ligação a hormonas sexuais, provocando uma redução de circulantes inflamatórios e aumentando substâncias anti-inflamatórias”, diz o estudo. A Pesquisa Vigitel 2017 indica que 13,9% das mulheres das capitais são sedentárias.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Ceará

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Campanha de Haddad declara que gastou 15 vezes mais do que Bolsonaro informou ao TSE

O candidato do PT a presidente, Fernando Haddad, declarou à Justiça Eleitoral despesas de …