Home Esportes Ceará empata com o Corinthians e ganha confiança

Ceará empata com o Corinthians e ganha confiança

8 Primeira leitura
0
0
47

“Foi nosso melhor jogo no campeonato”. Em uma única frase, o técnico Marcelo Chamusca resumiu a atuação que o Ceará teve na manhã de ontem, no empate por 1 a 1 diante do Corinthians, em Itaquera, para um público de 40.350 torcedores pagantes que lotaram a Arena Corinthians.

O resultado do encontro válido pela quarta rodada garantiu o segundo ponto do Alvinegro cearense na Série A do Campeonato Brasileiro. Mais do que isso, deu novo ânimo e confiança para a equipe na sequência da competição, já que, enfim, teve uma atuação à altura do desafio que é estar na elite do futebol nacional e muito se deve à postura que a equipe teve, lutando demais.

Enfrentando o atual campeão brasileiro e bicampeão paulista dentro de seus domínios, o Ceará não tremeu e cumpriu bem a sua estratégia, que era bem clara desde os primeiros toques na bola: ter equilíbrio defensivo para buscar os erros do adversário nos contra-ataques.

Do início ao fim, o Vovô teve atuação consistente e organizada defensivamente. Mostrou muita consciência e aplicação tática, com grande entrega coletiva, o que potencializou as individualidades.

Seguro, o time de Chamusca pouco permitia ao adversário e abriu o placar aos nove minutos, com um golaço de Wescley, naquele que foi o primeiro gol do Vovô no Brasileirão.

Com a vantagem, o Ceará passou a se preocupar muito mais com o sistema defensivo, mas deixou de atacar – até porque não conseguia armar contra-ataques – e o Corinthians passou a pressionar. O time da casa teve muito mais posse de bola (62% x 38%) e trocou mais passes (510 x 296), mas tinha dificuldades em infiltrar, já que a defesa do time cearense estava bem na marcação (foram 12 desarmes no jogo).

Não por acaso o time paulista insistia bastante nas jogadas aéreas.

Nos 90 minutos, foram 40 cruzamentos do Timão, dos quais 31 errados, além de 12 escanteios. Em um dos corretos, a zaga do Vovô falhou e Henrique empatou de cabeça, aos 39 minutos.

A segunda etapa começou movimentada. Elton por pouco não colocou o Ceará na frente ao arriscar de fora da área, mas Cássio fez grande defesa, aos três minutos. Logo depois Pedrinho sofreu falta de Richardson dentro da área – um pisão no pé – mas o árbitro não marcou pênalti. O time paulista também reclamou de outro pênalti: empurrão do zagueiro Luiz Otávio em Jadson.

O defensor, por sinal, foi um dos destaques individuais do Ceará no jogo. Além dele, Richardson, Ricardinho, Wescley e Elton também tiveram atuações destacadas, enquanto Felipe Azevedo, Juninho e Rafael Carioca foram mais apagados.

Sobre o empate, o meio-campista Ricardinho foi taxativo. “Foi um bom resultado, mas poderíamos ter aproveitado melhor as oportunidades já que saímos na frente. O mais importante foi uma outra postura nossa, outra determinação. Estamos de parabéns. É dessa maneira, com essa entrega e luta, que vamos melhorar”

Além do ponto na bagagem, que não tira a equipe da zona de rebaixamento (verificar tabela ao lado) o Ceará volta de São Paulo com a certeza de que tem condições de fazer uma campanha digna na Série A. Para isso, porém, será necessária postura diferente da que foi vista nas três rodadas iniciais. Ontem foi um alento de que isso é possível e contra o América-MG, dia 14 de maio, no Castelão, haverá uma nova oportunidade.

 

FICHA TÉCNICA

SÉRIE A

CORINTHIANS 1

4-2-3-1Cássio; Mantuan, Pedro Henrique, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Marquinhos Gabriel (Mateus Vital), Danilo (Jadson) e Pedrinho (Emerson Sheik); Roger . Técnico: Fabio Carille

CEARÁ 1

4-2-3-1 Everson; Arnaldo (Naldo), Valdo, Luiz Otávio e Rafael Carioca; Richardson e Juninho; Ricardinho, Wescley (Romário) e Felipe Azevedo (Hyuri); Elton. Técnico Marcelo Chamusca

 

Gols: 9min/1T – Elton dá passe para Wescley, que domina no peito e de fora da área manda uma bomba; 39min/1T – Jadson cobra escanteio e Henrique sobe para marcar, de cabeça.

Local: Arena Corinthians-SP

Data: 6/5/2018

Árbitro: Savio P. Sampaio (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Ciro Chaban Junqueira (DF)

Cartões Amarelos: Everson (CEA), Arnaldo (CEA), Rafael Carioc (CEA), Naldo (CEA), Gabriel (COR) e Pedrinho (COR)

Público: 40.350 pagantes

Renda: R$ 2.416.706,37

 

Redação O Povo Online/

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Esportes

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Clínica de vacinação imunne informa: o que é meningite meningocócica?

A meningite bacteriana é a infecção que provoca a inflamação do tecido que envolve o céreb…