Home Ceará Exportação cearense de água de coco dispara 1.754,4%

Exportação cearense de água de coco dispara 1.754,4%

6 Primeira leitura
0
0
13

A água de coco tem ganhado cada vez mais espaço nas exportações de bebidas do Ceará. Segundo documento divulgado pela Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), o produto passou de US$ 1,3 milhão em valores exportados, de janeiro a setembro de 2017, para US$ 25,6 milhões, em igual período deste ano, o que representa um crescimento de 1754,4%.

“Um novo setor aparece no que se refere à exportação de bebidas com destaque para a água de coco que representa quase 60% das bebidas que são exportadas pelo Ceará. Essa exportação ganhou muita força após a introdução de novas tecnologias para a conservação e novas embalagens para a própria água”, comenta Karina Frota, gerente do Centro Internacional de Negócios (CIN), da Fiec.

De acordo com ela, alguns fatores explicam o crescimento das exportações do produto. “Foi feito um investimento muito grande no que se refere à questão da tecnologia da própria inovação que resultou no processo de que essa água estando conservada na temperatura ambiente ela tem uma validade extremamente recomendada para a exportação. Outro fator é que esse produto ganha muita força por conta dos hábitos saudáveis e dos estilos de vida de muitas pessoas no mundo atual. A água de coco tem um consumidor muito fiel”.

O Ceará se consolida, dessa forma, como o maior exportador de água de coco do País e o terceiro no segmento de bebidas, ficando atrás apenas de São Paulo e Paraná. “As empresas de bebidas estão ousando muito, realmente apostando nesse mercado internacional. Elas têm uma preocupação maior com a promoção comercial dos seus produtos, participam de feiras e eventos internacionais. Elas estão buscando uma atualização tecnológica de suas máquinas e equipamentos. Todos esses fatores contam como diferenciais competitivos para esse produtos que é exportado”.

Países

No ranking dos maiores compradores de bebidas do Ceará estão os Estados Unidos, Holanda, Canadá e França. Os EUA lideram a tabela no acumulado de 2018, porém perdeu espaço para os Países Baixos que de um ano para o outro cresceu 100%. “Houve um aumento expressivo da Holanda. Nós temos a hipótese de que o País funciona como um hub, um entreposto comercial. Os produtos entram na Holanda e de lá são distribuídos para outros mercados”.

Além disso, Karina cita a importância do hub da Air France-KLM em Fortaleza para explicar esse crescimento. “Quando nós falamos do hub aéreo sempre foi uma preocupação da Fiec que esses aviões tivessem um local destinado e reservado para a carga justamente pensando nesse incremento das exportações via modal aéreo. E esse modal facilita muito a inserção desses produtos por causa da perecibilidade deles”.

“Além disso, o exportador sabe que existe uma demanda latente no mercado internacional. Os Estados Unidos são o segundo maior consumidor de água de coco do mundo atrás do Brasil”, explica. O Ceará exportou para os EUA no acumulado deste ano US$ 28,1 milhões. Completam a lista Holanda (US$ 5,9 milhões), Canadá (US$ 2,8 milhões) e França (US$ 2,3 milhões).

Desafios

Para Karina, os exportadores cearenses e brasileiros ainda enfrentam diversos desafios. “Nós precisamos ter modais eficientes com preços competitivos. Apesar dos resultados expressivos, o nosso comércio exterior precisa ser facilitado, menos burocrático, mais fluído”, destaca.

 

 

Diário do Nordeste

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Ceará

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Campanha de Haddad declara que gastou 15 vezes mais do que Bolsonaro informou ao TSE

O candidato do PT a presidente, Fernando Haddad, declarou à Justiça Eleitoral despesas de …