Home Geral Golpe que circula no WhatsApp com falsa promessa de internet grátis já atingiu mais de 2.600 acessos

Golpe que circula no WhatsApp com falsa promessa de internet grátis já atingiu mais de 2.600 acessos

4 Primeira leitura
0
0
85

O dfndr lab, laboratório da PSafe especializado em cibersegurança, identificou um novo golpe que está circulando pelo WhatsApp, oferecendo até 20GB de internet grátis por até 60 dias para usuários de qualquer operadora de telefonia móvel. Os cibercriminosos se aproveitam do fato de 69% da população brasileira se conectar à internet via smartphone, segundo dados do IBGE, para atraírem a atenção da população e, com isso, têm conseguido a marca de mais de 45 acessos por minuto à página do golpe, chegando a 2.600 acessos bloqueados pelo app dfndr security somente na primeira hora.

Ao clicar no link, o usuário é direcionado para uma página na qual ele é informado que foi selecionado para ganhar até 20GB de internet e apresenta, ainda, um número fictício de quantidade de pacotes grátis disponíveis para habilitação. Nesta página, o usuário é orientado a responder três perguntas: “Quantos dias de internet gratuita você deseja ativar?”; “Quantos GB você gostaria de receber de sua operadora?”; “Qual rede você gostaria de ativar?”. Após responder à última pergunta, a pessoa é informada que, para ativar o pacote gratuito de até 20GB de internet, ela deverá compartilhar com três amigos e grupos de WhatsApp. Após o compartilhamento, a suposta oferta de internet móvel estaria disponível em até cinco minutos para o usuário. No entanto, ao invés disso, surge uma página de alerta no celular da vítima informando supostos problemas no celular e orientando o download de aplicativos maliciosos.

“A internet se democratizou no Brasil por meio do celular e esta semana a pesquisa TIC Domicílios divulgou que praticamente metade da população brasileira se conecta exclusivamente pelo celular. Com isso, os cibercriminosos se aproveitam do contexto e da necessidade do brasileiro de se manter conectado para tentar atrair suas vítimas. Que usuário não gostaria de receber gratuitamente 20GB de internet por dois meses? No entanto, é justamente por ser uma promoção muito atrativa que as pessoas devem desconfiar”, alerta Emilio Simoni, diretor do dfndr lab.

Para não cair em ameaças como essa, Emilio afirma que é preciso adotar medidas de segurança, como sempre checar se o link é verdadeiro ou não, o que pode ser feito aqui, utilizar soluções de segurança que disponibilizam a função anti-phishing entrar em contato pelos canais oficiais das empresas, e sempre desconfiar de mensagens que pedem para realizar o compartilhamento com amigos para ganhar alguma coisa.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Geral

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Clínica de vacinação imunne informa: o que é meningite meningocócica?

A meningite bacteriana é a infecção que provoca a inflamação do tecido que envolve o céreb…