Home Geral Juazeiro do Norte decreta situação de emergência por falta de abastecimento

Juazeiro do Norte decreta situação de emergência por falta de abastecimento

8 Primeira leitura
0
0
104

O prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, decretou situação de emergência no município nesta terça-feira (29) devido à escassez de combustível, já que a maioria dos postos não tem combustível para oferecer ao transporte de serviços considerados essenciais. Estão prejudicados serviços como saúde e educação.

O decreto informa que Juazeiro do Norte, a maio cidade do interior cearense, vive um desabastecimento nos postos, o que reflete diretamente na prestação desses serviços públicos. A decisão tomada depois de se reunir com os secretários na tarde desta terça-feira.

Com a paralisação dos caminhoneiros em todo o país, que chega ao nono dia nesta terça, o abastecimento de serviços essenciais, entre eles o dos postos de combustíveis, foi afetado em diversos estados. No Ceará, a categoria mantém a paralisação nas rodovias BRs 020, 116, 222 e 304.

Educação

Na manhã desta terça, cerca de 4 mil alunos não puderam assistir aula porque 80% dos ônibus que fazem o transporte escolar estavam sem diesel. Situação que não se repetiu à tarde, já que a secretaria de Educação conseguiu o combustível. Para esta quarta (30), a expectativa é garantir o serviço; o que já não é possível, sem estoque, para a próxima sexta, 1º de junho.

Saúde

Outro ponto do decreto se refere aos serviços de saúde que ficam cancelados. Pacientes que deveriam ter ido nesta terça a Fortaleza pelo TFD (Tratamento Fora do Domicílio) não viajaram. O atendimento deve estar normalizado na próxima quinta (31), feriado de Corpus Christi.

Já o SAD (Serviço de Atenção Domiciliar) está temporariamente suspenso no município porque as equipes médicas estão sem carro para fazer a visita aos pacientes acamados.

Suspensão de atendimento

O Hospital e Maternidade São Lucas, referência para Juazeiro do Norte e municípios vizinhos, passou a atender só casos de urgência e emergência porque já começou a usar insumos, medicamentos e materiais do estoque de segurança. A greve dos caminhoneiros impossibilita a chegada desses produtos hospitalares através das distribuidoras que fornecem os materiais regularmente, segundo a direção da unidade.

As cirurgias que estavam agendadas na unidade de saúde estão suspensas por tempo indeterminado. O estoque de segurança garante os atendimentos emergenciais por no máximo uma semana.

Postos

A Central de Distribuição da Petrobras, que fica no Crato, está quase sem estoque. Desde o fim de semana não recebe combustível porque caminhoneiros bloqueiam a entrada.

As carretas que saíram de lá nos últimos dias foram escoltadas pela Polícia Militar do Crato e abasteceram apenas postos do Cariri que fornecem combustíveis para serviços públicos essenciais, como: segurança pública, saúde e educação.

A Petrobras informou que até esta quarta a central deve receber um carregamento com onze carretas para regularizar a situação dos postos da região.

Aeroporto

Aeroporto de Juazeiro do Norte atende também a população do noroeste de Pernambuco, do alto Sertão da Paraíba e Sudoeste do Piauí (Foto: Infraero/Divulgação)Aeroporto de Juazeiro do Norte atende também a população do noroeste de Pernambuco, do alto Sertão da Paraíba e Sudoeste do Piauí (Foto: Infraero/Divulgação)

Aeroporto de Juazeiro do Norte atende também a população do noroeste de Pernambuco, do alto Sertão da Paraíba e Sudoeste do Piauí (Foto: Infraero/Divulgação)

Desde o fim de semana, dez voos foram cancelados no Aeroporto de Juazeiro do Norte, todos da empresa Azul, conforme levantamento da TV Verdes Mares. Os demais da Gol e Avianca, sofreram atrasos.

Vários passageiros prejudicados relataram terem sidos realocadas na própria empresa, e, mesmo com dificuldade, conseguiram embarbar ou puderam trocar a data da viagem sem pagar por isso. Quem estiver nessa situação, a empresa Azul orienta entrar em contato por meio dos canais de atendimento até o próximo dia 4, quando essa remarcação pode ser feita sem nenhum custo.

Os voos cancelados saíam de Juazeiro do Norte para o Recife, ou faziam o percurso inverso. A situação do aeroporto da capital pernambucana está regularizada, já a de Juazeiro do Norte, ainda não. No site da Infraero, o Aeroporto Orlando Bezerra (Juazeiro do Norte) permanece na lista dos que estão “sem combustível”. A informação foi atualizada na noite desta terça.

Em nota, a assessoria de imprensa da Azul, informou que “adotou um plano de contingência com o cancelamento programado, o que garante a normalidade das operações”. A TV Verdes Mares foi informada de que 17 carretas foram de Fortaleza para Guamaré, Rio Grande do Norte, buscar combustível de aviação, o que deve suprir a necessidade da capital do estado e do Cariri.

G1/CE

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Geral

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Ministério Público ajuizou ação por improbidade administrativa contra prefeito e secretária de assistência social de Iguatu

O Ministério Público do Estado do Ceará ajuizou na última segunda-feira, 12 de novembro, a…