Home Geral Justiça obriga Prefeitura de Itapajé a realizar concurso para preencher cargos vagos

Justiça obriga Prefeitura de Itapajé a realizar concurso para preencher cargos vagos

3 Primeira leitura
0
0
26
Decisão judicial determina a realização de concurso público pelo município de Itapajé para preencher cargos vagos que estão sendo ocupados por servidores temporários. A determinação, por meio de liminar, é da juíza Juliana Porto Sales, da 1ª Vara daquela Comarca, distante 122 km de Fortaleza.
A gestão municipal tem até o dia 25 de fevereiro para promover a seleção, rescindir os contratos temporários e nomear os aprovados. Caso contrário, o prefeito Raimundo Dimas Araújo Cruz está sujeito ao pagamento de multa diária de R$ 1 mil, a recair sobre o patrimônio pessoal dele.
A ação civil, relativa à improbidade administrativa, foi movida pelo Ministério Público do Ceará (MPCE). Conforme a sustentação do órgão ministerial, há quase dois anos foi contratado excessivo número de pessoas sem concurso. Em julho deste ano, havia 482 profissionais temporários admitidos por seleções simplificadas.
No processo, o MPCE pediu, em tutela de urgência, a obrigação de o ente público realizar concurso público. Pediu ainda a condenação do gestor pelo crime de improbidade.
Ao conceder a liminar, a juíza destacou que “se há publicação de processos seletivos para preenchimentos de cargos públicos vagos, é porque há necessidade na contratação de pessoal, haja vista o princípio da indisponibilidade do interesse público e impessoalidade que regem a atividade administrativa estatal”.
O mérito da ação civil ainda será analisado pela magistrada, com oportunidade de ampla defesa e contraditório para o prefeito.
 
O POVO Online tentou contato com a Prefeitura de Itapajé na noite desta segunda-feira, 1º, por telefone, mas não conseguiu contato. As ligações só foram possíveis após o encerramento do expediente municipal, quando o Tribunal de Justiça do Estado divulgou a decisão judicial.
Redação O POVO Online
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Geral

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

7 órgãos abrem inscrições para mais de 100 vagas nesta segunda-feira

Pelo menos 7 órgãos abrem as inscrições nesta segunda-feira (22) para mais de 100 vagas em…