Home Ceará Lei de Responsabilidade Fiscal obriga prefeito de Aracoiaba a reduzir o seu salário e de auxiliares

Lei de Responsabilidade Fiscal obriga prefeito de Aracoiaba a reduzir o seu salário e de auxiliares

2 Primeira leitura
0
0
67

O prefeito de Aracoiaba, Antônio Cláudio Pinheiro, assinou na tarde desta quinta-feira (25) decreto
municipal estabelecendo a redução média de 20% do valor dos salários do próprio chefe do poder executivo,
dos secretários e demais cargos no âmbito da administração direita e indireta da prefeitura. A medida foi tomada
em razão da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

De acordo com o Decreto, a decisão será publicada no Diário Oficial do Município e começa a vigorar a partir
deste mês de janeiro e terá vigência por 120 dias. O salário do prefeito será reduzido de R$ 18 mil para R$
15 mil. Os secretários do Município, de R$ 6 mil para R$ 5 mil. Os secretários adjuntos de R$ 2,5 mil para R$
2 mil.

A LRF é uma lei complementar brasileira que visa impor o controle dos gastos da União, estados, Distrito
Federal e municípios, condicionando-os à capacidade de arrecadação de tributos desses entes políticos.
Nos estados e municípios os gestores não podem gastar mais de 54% da arrecadação com salários do
funcionalismo. O descumprimento poderá acarretar improbidade administrativa.

No último levantamento realizado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), em outubro no ano passado, 83
prefeituras estavam descumprindo a norma estabelecida na LRF.

 

Diário do Nordeste

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Ceará

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

MPCE e polícia realizam operação dentro da Câmara Municipal de Quixadá, no Ceará

O Ministério Público do Ceará, com apoio da Polícia Civil, cumpriu mandados de busca e apr…