Home Geral Senado aprova aumento de salários dos ministros do STF e procurador-geral

Senado aprova aumento de salários dos ministros do STF e procurador-geral

2 Primeira leitura
0
0
19
Além disso, maioria dos parlamentares foram favoráveis ao reajuste para o Procurador-Geral da República. A pauta foi colocada de surpresa em votação pelo presidente da casa, Eunício Oliveira (MDB-CE). O senador cearense José Pimentel (PT) foi contrário ao aumento de salários, enquanto Tasso Jereissati (PSDB) votou a favor.
Com o reajuste, o salário dos magistrados e do procurador-geral passa a ser de R$ 39,2 mil. A proposta foi encaminhada ao Congresso Nacional em 2015, pelo então presidente do STF, Ricardo Lewandowski. Um ano depois, a Câmara dos Deputados aprovou o texto, que aguardava apreciação do Senado desde de 2016.
O aumento de despesa inesperado pode ser problema para a equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Após tomar café da manhã no Comando da Aeronáutica, nesta quarta-feira, 7, o parlamentar disse que via com “preocupação” a aprovação da proposta, acrescentando que este não era o momento certo de votá-la.
O impacto estimado do reajuste é de R$ 2,77 milhões para o STF e um efeito cascata de R$ 717,1 milhões só para o Poder Judiciário. Consultoria de orçamento realizada pelo Senado estima que o projeto de lei pode gerar um impacto financeiro anual superior a R$ 4,5 bilhões.

ISRAEL GOMES

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Geral

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Campanha de Haddad declara que gastou 15 vezes mais do que Bolsonaro informou ao TSE

O candidato do PT a presidente, Fernando Haddad, declarou à Justiça Eleitoral despesas de …