Home Geral Audiência Pública debate coleta e destino final do lixo em Iguatu

Audiência Pública debate coleta e destino final do lixo em Iguatu

5 Primeira leitura
0
0
97

Questões envolvendo a limpeza urbana, o recolhimento e o destino final do lixo em Iguatu foram discutidas em audiência pública realizada no fim de tarde desta quarta-feira, 20, na Câmara Municipal de Iguatu (CMI).

O evento contou com participação do prefeito Ednaldo Lavor, do promotor de Justiça da Comarca de Iguatu, Fábio Ottoni, vereadores, secretários e de dezenas de pessoas que lotaram as dependências do Legislativo. Foi elaborado um plano com ações concretas objetivando melhorar a limpeza pública em Iguatu.

Para o secretário de Infraestrutura de Iguatu, Jocélio Viana, a educação deveria ser a principal ação junto à população. “Fomos pressionados pelo Ministério Público e defendemos em um primeiro lugar uma campanha de educação e somente depois aplicar multa, mas isso é uma atitude extrema”, pontuou. “Esperamos que cada morador faça a sua parte”.

De acordo com o prefeito Ednaldo Lavor, o município tem feito esforço para manter a cidade com um aspecto agradável a partir do sistema de limpeza. Fazendo valer a ideia que a população é papel fundamental nesse processo foi criando um canal chamado “Alô Cidadão” que além de outras demandas deve atender os casos de despejo irregular de lixo. “Sabemos que existem problemas, mas estamos sempre em busca de soluções”, pontuou.

promotor de Justiça, Fábio Ottoni, ressaltou a responsabilização de todos no processo. O município conforme o MP tem obrigação disciplinar a limpeza urbana, se for o caso, aplicando multas nas pessoas que não colaborarem com o serviço de limpeza. “O que eu cobro é que o gestor faça o seu papel, educar, esclarecer e se for preciso até aplicar multa”, disse.

Iguatu tem um lixão antigo e há necessidade da construção de um aterro sanitário. Para isso se concretizar conforme o titular da pasta de meio ambiente Marcos Ageu deve-se colocar em prática ações dentro do Plano Municipal de Resíduos Sólidos de modo a atender as exigências da lei federal, bem como planejar e executar ações que promovam sustentabilidade ambiental refletindo na qualidade de vida como coleta seletiva junto a associações e entidades locais.

Oito municípios da região incluindo Iguatu por meio do governo do Estado estudam o Plano Regional de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. A viabilidade técnica consórcio já foi levantada pelas cidades e prevê a construção de uma central de tratamento de resíduos entre Iguatu e Acopiara. “Os estudos estão avançados e devemos caminhar de forma consorciada para resolver esse problema”, frisou Marcos Ageu.

Os vereadores e moradores participaram com opiniões e propostas. Para a presidenta da Câmara Municipal de Iguatu, Eliane Braz, as pluralidades de ideias apresentadas favorecem a solução do problema. “Foi uma audiência muito proveitosa, com troca de ideias e de sugestões”, avaliou.

O Ministério Público promete fiscalizar a implantação de um plano de coleta com o apoio da sociedade e entidades governamentais e não governamentais.

 

Diário Centro Sul

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Geral

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

IFCE de Iguatu lança edital complementar de seleção para cursos técnicos

Até o próximo dia 22, pessoas que já concluíram o ensino médio terão uma nova oportunidade…