Home Geral Piscicultores perdem criação total de tilápia no Castanhão

Piscicultores perdem criação total de tilápia no Castanhão

3 Primeira leitura
0
0
482

Os piscicultores jaguaribarenses do Curupati Peixe, Jaburu e proximidades do DNOCS tiveram sua produção de tilápia seriamente afetada pela falta de oxigênio no Açude Castanhão neste sábado, 9. As causas da mortandade dos peixes ainda estão sendo apuradas pelos órgãos competentes. Entretanto, os piscicultores se deparam com mais um episódio desanimador em suas vidas.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Pesca informou que tem realizado uma série de atividades com vistas a piscicultura no município. Entre as atividades estão o monitoramento sanitário das produções através de coleta de peixes sintomáticos para análises laboratoriais para identificação das causas e facilitar na prevenção de causas que possibilitem a perda da produção, incentivo às práticas de controle sanitário através do uso de vacinas autógenas visando a prevenção de doenças, monitoramento dos parâmetros (temperatura, oxigênio dissolvido e pH) e a realizações de palestras com temas importantes em parceria com empresas de rações.

A piscicultura representa a principal fonte de renda do município de Jaguaribara e há alguns anos vem sendo duramente afetada por causas climáticas como a falta de oxigenação no reservatório, oriunda principalmente do pouco nível de água disponível no Castanhão, que nas últimas semanas operava com apenas 4% de sua capacidade total.

A Prefeitura Municipal de Jaguaribara, em nota pública, se solidarizou com os piscicultores que se depararam com a perda de toda sua produção. Através das Secretarias de Aquicultura e Pesca e Infraestrutura, o Executivo Municipal está atuando na retirada dos peixes da água para evitar contaminação. O órgão buscará junto à Secretaria Estadual e Ministério responsável pela Pesca suporte aos piscicultores que mais uma vez passam por esse problema.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Geral

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

ONG Projeto Ajudador realiza páscoa de crianças carentes em Icó

A segunda-feira, 22, foi especial para cerca de 100 crianças carentes que frequentam a ONG…