Home Ceará Programa ‘Médico da Família Ceará’ é regulamentado e terá bolsas de até R$ 15.425

Programa ‘Médico da Família Ceará’ é regulamentado e terá bolsas de até R$ 15.425

3 Primeira leitura
0
0
9

Criado para preencher vagas deixadas por médicos cubanos no Ceará após a extinção do Mais Médicos, o projeto “Médico da Família” foi regulamentado por lei no Estado. A instituição do programa foi decretada pelo governador Camilo Santana (PT) e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) na última segunda-feira (18). Os salários dos profissionais podem chegar a R$ 15.425,00,dependendo do local de atuação.

Ainda sem data prevista para início, a iniciativa será possível através do curso de Pós-Graduação “Lato Sensu” em Atenção Primária à Saúde (APS), ofertado pela Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE). Conforme a publicação, o objetivo do programa é estimular a qualificação e valorização de profissionais de saúde no âmbito da atenção primária à saúde”.

O certame também sem previsão de divulgação acontecerá para selecionar os profissionais aptos ao curso. “Centrado no aperfeiçoamento de competências profissionais no âmbito da atenção primária à saúde, articulando a prática médica, assistência e os serviços de saúde, com ênfase na família e comunidade, o profissionalismo e a ética, visando ao desenvolvimento integral dos profissionais em formação”, indica o texto de regulamentação do Médico da Família divulgado no DOE.

Confira os valores das bolsas:

Fortaleza e região metropolitana: R$ 11.865,00

Municípios do interior do estado com área predominantemente urbana: R$ 13.645,00

Municípios do interior do estado com área predominantemente rural (*), fora da região metropolitana: R$ 15.425,00

 

Diário do Nordeste

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Ceará

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Operação nacional prende 16 foragidos da Justiça e apreende dois adolescentes no Ceará

A Polícia Civil do Ceará prendeu 16 pessoas e apreendeu dois adolescentes na manhã desta q…