Home Ceará Vacinação contra gripe no Ceará segue calendário nacional e é antecipada para 10 de abril

Vacinação contra gripe no Ceará segue calendário nacional e é antecipada para 10 de abril

4 Primeira leitura
0
0
210

A Campanha Nacional de Vacinação contra gripe no Ceará deve seguir o calendário nacional. A informação foi confirmada na manhã desta quarta-feira, 20, pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). Pelo Twitter, o Ministério da Saúde informou, nessa terça-feira, 19, que a ação em todo o País será antecipada em 15 dias, com início previsto para 10 de abril e término para 31 de maio. O Governo Federal distribuirá 64 milhões de doses este ano.

A ação costumava ocorrer na segunda quinzena de abril. No entanto, a decisão de antecipar a campanha de imunização em todo o País se dá após os registros de H1N1 no estado da Amazonas.

De acordo com o Ministério da Saúde, em 2019, até o momento, já foram notificados 666 casos suspeitos, sendo confirmados 107 para H1N1. Destes, 28 mortes foram confirmadas pela doença.

O público-alvo da campanha de vacinação são gestantes, puérperas, crianças de um a menores de seis anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, além de funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Na primeira etapa nacional serão priorizadas as crianças de um a cinco anos, gestantes e puérperas em decorrência da vulnerabilidade desse público. A partir do dia 22 de abril, todo o público-alvo da campanha poderá se vacinar.

Sintomas e prevenção

Indivíduos que apresentem sintomas de gripe devem: evitar sair de casa durante o período de transmissão da doença (até 7 dias após o início dos sintomas); restringir ambiente de trabalho para evitar disseminação; evitar aglomerações e ambientes fechados, procurando manter os ambientes ventilados; e adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.

Para prevenir a doença, o Ministério da Saúde recomenda medidas como a constante lavagem das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento, e a adoção da etiqueta respiratória, que consiste em espirrar na parte de dentro dos cotovelos e cobrir a boca ao tossir, visando à redução do risco de infecção pelo vírus. Também não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas. É importante alertar para sinais e sintomas de gravidade para a busca imediata de avaliação em uma unidade de saúde.

REDAÇÃO O POVO ONLINE

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Ceará

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Operação nacional prende 16 foragidos da Justiça e apreende dois adolescentes no Ceará

A Polícia Civil do Ceará prendeu 16 pessoas e apreendeu dois adolescentes na manhã desta q…